Truques para Otimizar o Modelo no SketchUp

Você já se perguntou por que os arquivos em 3D ficam tão “pesados”? Isso acontece em praticamente todos os softwares por uma questão que vai além da quantidade de Polígonos, isso é que chamamos de Otimização.

Entendendo otimização

Otimizar significa deixar o arquivo mais leve e mais organizado para trabalhar. Quando o computador fica lento ou travando isso prejudica o fluxo de trabalho.

Existem várias formas de otimizar um modelo no SketchUp, algumas destas você encontra no E-Book Erros Mais Comuns que as Pessoas Cometem no SketchUp e Como Evitá-los onde explico por que devemos manter nosso arquivo organizado em camadas e limpar sempre que possível, eliminando componentes não usados.

A otimização pode ser feita reduzindo o número de polígonos dos objetos também, mas isso geralmente prejudica o realismo da cena e deve ser evitado. Nunca use modelos de baixa qualidade para os seus projetos.

Uma das formas mais praticas de otimização é excluir tudo aquilo que não esteja sendo usado, isso reduz o tamanho do arquivo o que deixa ele mais rápido

Como usar o Purge Corretamente no SketchUp

O Purge é um comando que existe em vários softwares 3D e serve para eliminar todos os elementos do projeto que não estão sendo realmente utilizados, tais como, materiais, linhas, componentes e etc.

Porém algumas vezes esse recurso pode acabar excluindo alguns materiais que não queremos, principalmente aqueles que são criados diretamente pelo editor de materiais do V-Ray como o TwoSided ou BlendMaterial.

Por isso eu utilizo 3 truques para poder manter sempre meus materiais no Modelo e não perde-los quando uso o comando Eliminar os não usados (Purge Unused)

E explico como funciona no video a seguir:

Posso otimizar ainda mais?

Como escrevi acima existem diversas formas de otimização do modelo. Mas como digo sempre para aos meus alunos do Curso SketchUp Master, o segredo do SketchUp é começar certo!

Se você tem a base para modelar de forma precisa e organizada você saberá exatamente cada etapa que precisa fazer em seguida para deixar o arquivo leve e extremamente otimizado.

Bons estudos!

Como “extrair” componentes de um (outro) modelo do SketchUp

Quando criamos um projeto no SketchUp grande parte do mobiliário não precisará ser modelado e podemos usar componentes de outros modelos usando algumas técnicas. Hoje quero te dar uma dica que vai facilitar muito esse processo.

Como funciona?

A forma tradicional de “extrair” um componente de outro modelo no SketchUp é usando a opção copiar/ colar.  Porém essa forma muitas vezes leva tempo, principalmente quando o modelo é muito pesado, ou seja, possui muitos polígonos, e isso faz com que o SketchUp trave e atrapalha nosso fluxo de trabalho.

Para solucionar isso a maneira mais pratica que eu encontrei foi simplesmente salvar o componentes. Como assim?

Eu explico.

Se o objeto na cena for um componente, você pode clicar sobre ele com o botão direito do mouse e escolher “salvar como…” dessa forma você salva apenas os componentes que precisa e criar sua própria biblioteca.

Para ajudar a entender melhor essa dica, veja o video a seguir:

Recomendo criar uma pasta no seu computador para salvar os modelos e tê-los sempre disponíveis. Para deixar mais organizado crie subpastas com cada categoria.

Nunca é demais lembrar que organização é tudo e que isso ajuda muito na criação de projetos.

Qual PC comprar para rodar Lumion?

Introdução

Escolher o computador certo para trabalhar é um dos desafios que o Artista 3D tem para enfrentar logo no começo. E para não cair na generalidade e acabar adquirindo uma máquina que não te dará o suporte necessário, é importante que leia este artigo antes de investir no próxima PC.

A ideia aqui é mostrar comparativos e referencias que podemos usar para ter base e escolher o melhor computador de acordo com o seu nível de conhecimento nas ferramentas e necessidades delas. No final do artigo vou deixar a minha configuração atual.

Desktop ou Notebook?

Vamos começar com essa pergunta, que é uma em cada 10 que recebo sobre o assunto: comprar um PC para trabalhar com renderização e 3D. Lembrando que a sigla PC significa  Personal Computer(do inglês, computador pessoal) e se aplica para ambos Desktop e Notebook.

Vamos saber quais as vantagens e desvantagens de cada um para que possamos decidir qual o melhor investimento.

O notebook tem como principal vantagem a portabilidade. Versões mais novas possuem placas de video equivalentes as placas usadas em computadores desktop, telas maiores e grande quantidade de memoria, além de possui processadores mais potentes.

Contudo os notebooks não permitem upgrade da máquina, ou seja, se você quiser adicionar mais recurso, como comprar uma placa de video mais recentes, você não conseguirá substituir.

Outra desvantagem é o tempo de vida útil, já que a maioria dos modelos não possuem um boa refrigeração. Isso faz com que o notebook trabalhe sempre com temperaturas elevadas o que prejudica  também o seu desempenho.

Mas a maior desvantagem, acredito, seria o custo x  beneficio. Computadores portáteis são mais caros que os Desktop e considerando a video útil acaba não compensado.

Já com o computador desktop você tem mais liberdade para fazer upgrades, são mais acessíveis e você monta do seu jeito.

Para entender um pouco mais assista ao video a seguir e dê sua opinião: