Como Usar V-Ray Proxy Corretamente

Quando comecei a usar o V-Ray for SketchUp no inicio de 2007 sentia muita falta de blocos detalhados de qualidade e ainda hoje muita gente passa por esse dilema, por que não conhecem ou não utilizam tudo que a ferramenta pode oferecer. Hoje eu vou apresentar um destes recursos, que não apenas dá mais qualidade ao modelo, como também otimiza o nosso trabalho, o V-Ray Proxy.

O que é V-Ray Proxy?

Segundo o Manual do V-Ray: ” O V-Ray Proxy permite que a geometria seja importada de uma malha externa apenas no tempo de renderização. A geometria não está presente na cena do SketchUp e não recebe recursos. Isso permite a renderização de cenas com muitos milhões de triângulos – mais do que o próprio SketchUp pode manipular.”  Em outras palavras, o que aparece, da geometria “real” no SketchUp, é apenas um preview e só será carregada durante o processo de renderização da imagem.

Isso faz com que o arquivo no SketchUp torne-se super leve e assim poderemos usar malhas muitas mais complexas e modelos de mais qualidade para usar em projetos de arquitetura e outros.

E o mais legal é que podemos usar os modelos de todos os programas que

Como usar o V-Ray Proxy

Embora a ideia seja muito simples de entender e aplicar, algumas regras precisam ser seguidas para que possamos usar o Proxy corretamente.

A primeira coisa que devemos saber é que ao carregar um arquivo Proxy, criado no 3DS Max, por exemplo, as suas texturas não aparecem carregadas nos materiais do V-Ray no SketchUp e isso faz com que tenhamos que carregar manualmente.

Para ajudar a compreender essa ideia assista ao video a seguir:

Modelo do Evermotion usado na aula: https://bit.ly/2zNKwb1

Para  aprender um pouco mais

Se você quer aprofundar um pouco mais o seus conhecimentos no V-Ray for SketchUp eu preparei um guia gratuito e completo para dar os primeiros passos na ferramenta.

Baixe aqui: V-Ray for SketchUp – O Guia Definitivo

Bons estudos!

Max-Depth é isso que melhora os reflexos no V-Ray

A criação de materiais metálicos sempre causam dúvidas, principalmente para os iniciantes no V-Ray for SketchUp. Existem diversas técnicas e, embora algumas pareçam certas, por serem mais comuns, acabam prejudicando o realismo da cena e neste tutorial vamos conhecer um parâmetro, muito importante que ajuda nessa configuração, o Max Depth.

O que é Max Depth?

Esse é um parâmetro que já vem habilitado no V-Ray e que serve para controlar o número de reflexões que serão exibidos no material.   O melhor exemplo do uso do Max Depth no V-Ray é imaginar o que acontece quando colocamos um espelho de frente para o outro. Veja a imagem a seguir:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Infinity_Mirror_Effect.jpg

A imagem acima representa a ideia de infinito já que os espelhos refletem inúmeras vezes a imagem que o outro reflete. Este é um efeito físico muito interessante mas é impossível consegui-lo no V-Ray por que isso significaria que nosso render seria eterno. É por isso que existe o Mas Depth.

A sua principal função é limitar a quantidade de vezes que ocorrerão essas repetições e assim evitar que o render leva muito tempo calculando em objetos que estão distante da câmera esse efeito.

Abaixo você pode ver onde localizar, em Reflections, o Max Depth:

Como usar?

Para ajudar a compreender melhor o seu uso e também como aplicar em materiais metálicos de forma fisicamente correta, assista ao video:

Max Depth e a Refração dos Materiais

É importante lembrar que o Max Depth não é uma opção unica para os Materiais Reflexivos ela também esta presente na Refração dos materiais.

Neste caso o efeito é usado para aumentar a qualidade da transparência  dos materiais como plásticos, vidros e outros materiais transparentes. Sempre levando em conta que devemos testar para não exagerar nos tempos de render.

Conclusão

Embora esse seja um parâmetro muito básico do material conhece-lo ajuda a criar materiais com mais precisão. Para não perder as próximas aulas assine nosso Canal no Youtube e ative as notificações para não perder nossas dicas.

Inscreva-se: Canal Mastertuts

E bons estudos!

Texturas para Modelos 3D, Onde Encontrar?

Introdução

A criação de materiais realistas muitas vezes exige o uso de texturas e mapas, pois, sem elas se torna impossível representar certos tipos de materiais.

Mas vale lembrar que não devemos usar qualquer textura e que a escolha errada pode acabar prejudicando a qualidade final do seu projeto. Geralmente levamos em consideração duas coisas ao procurar as texturas para usarmos em projetos 3D: Resolução e Encaixe.

O que é resolução da imagem?

A resolução da textura não se refere apenas ao seu tamanho. As vezes a textura pode ter um tamanho grande mais a resolução baixa. Veja este exemplo:

wood-texture-low

A imagem acima foi redimensionada, ou seja, ela tinha um tamanho menor (200×200 pixels) e usando uma ferramenta de edição nós aumentamos o seu tamanho para 500×500 px. O que quero que você entenda é que o tamanho da imagem não significa que ela tem qualidade e devemos ficar atentos a isso.

Encaixe da Texturas (Seamless ou Tileable)

Usar texturas encaixáveis são praticamente a maior regra para o realismo de um material. Não confunda texturas seamless (sem emendas) com repetição da textura.

É praticamente impossível uma textura não ter repetição, uma vez que trata-se de uma imagem do material.

Veja estes exemplos:

Na Imagem acima apliquei um material disponivel na própria biblioteca do SketchUp usando as dimensões 1 x 1 metro. Agora perceba a diferença na imagem a seguir.

Este é uma das texturas que usamos no Shaders Design, que a nossa biblioteca de materiais pré configurados, no exemplo acima embora a textura possua repetição, como já falei anteriormente, ela possui uma ótima resolução o que permite ter mais qualidade no material.

Onde posso encontrar texturas de qualidade?

Para entender melhor sobre texturas e saber onde baixa-las eu preparei um video onde mostrar os principais sites que uso. Assista o video e conheça cada um deles nos link logo abaixo.

Sites que uso e recomendo

https://www.textures.com/

https://www.sketchuptexture.com/

https://cc0textures.com/home

https://freepbr.com/

https://texturehaven.com/

https://www.poliigon.com

https://www.arroway-textures.ch/

E uma opção pratica de uso de materiais, que já possuem texturas em 4K e de ótima qualidade, é  o plugin Shaders Design, que está em sua versão 3.0 e possui novas atualizações mensalmente. Saiba mais neste link: https://shadersdesign.com/

Então é isso espero que você tenha gostado dessa dica e possa usar bastante em seus projetos daqui para frente.

Forte abraço.

 

Porcelanato V-Ray 3.4 SketchUp

Olá Masterfans, neste tutorial vamos aprender como criar piso de porcelanato usando o Plugin Floor Generator, o CLF Random Painter e configurar o material completo no V-Ray 3.4 for SketchUp com variação do mapeamento das texturas. Siga os passos.

Buscando a textura correta

Primeiro vamos pesquisar no Google Imagens a textura de piso que queremos usar para o porcelanato. Como existem diversos fabricantes, aqui usaremos uma imagem de mármore para estudo.

Eu criei uma estrutura de texto para encontrar texturas sem emendas que é muito eficiente, você precisa digitar dessa maneira:

NOME DO MATERIAL EM INGLÊS + SEAMLESS + TEXTURE

Para a nossa pesquisa ficará assim: Marble Seamless Texture

Faça o download da textura que preferir e salva na pasta onde esta o seu arquivo.

Preparando as texturas no Photoshop

Para criar uma randomização das texturas usaremos uma técnica simples no Photoshop para salvar a imagem em diferentes rotações.

Abra a imagem e use a ferramenta de transformação (Atalho Ctrl+T) para rotacionar ou espelhar a textura e depois salve pelos menos 3 imagens com nomes diferentes.

Modelando o piso

Agora no SketchUp para a modelagem do piso usaremos o Plugin Floor generator, para baixar o plugin clique aqui. Você encontra no nosso canal uma aula para aprender a usar essa ferramenta também.

Assista ao video para entender como criar o piso 3D e depois aplicar a randomização. Baixa a ferramenta CLF Random Painter aqui.

Criando o Material

O Porcelanato é um material dielétrico e pode ser configurado da seguinte maneira.

No canal Diffuse usamos a textura para criar as cores do material e para o reflexo usaremos as cores em sRGB 145, 145, 145 com Glossiness em 92%.

No Fresnel IOR do material, desbloqueie a opção e coloque o valor 3.

Para esse porcelanato não utilizamos bump, mas com a textura usado no Diffuse também é possível criar alguns relevos na superfície do material.

Bom é isso ai

Espero que tenha gostado e que seja útil em seus projetos.

Fibra de Carbono | Desafio 60 Materiais em 60 Dias | 22 de 60

Olá Masterfans, neste tutorial vamos aprender como criar um material completo de Fibra de Carbono usando poucos passos no V-Ray 3.4 for SketchUp. Esse é um material muito bonito e pode ser usado em diversas situações. Vamos as configurações!

Criando o Material

Embora seja um material Dielétrico, para essa configuração, deixaremos o Diffuse em 100% preto e controlaremos os efeitos pelo Layer Reflection.

Desabilite o Fresnel e defina a cor do reflexo com os valores em sRGB 59, 59, 59, como na imagem a seguir:

Para criar o efeito de variação do reflexo do material adicionamos a textura a seguir no Glossiness (Clique na imagem para baixar a textura)

Para finalizar os efeitos de reflexo escolha em BRDF, o type como Ward para deixar o efeito um pouco fosco.

Adicionando o Bump

Para os relevos usaremos no bump a mesma textura que aplicamos ao Glossiness do Material com valor de Multiplier de 0,01. Habilite o Bump e o material estará completo.

Tutorial em video

Preparei esse video para vermos na pratica como criar e aplicar esse material passo a passo.

Isso é tudo.

Espero ter conseguido mostrar um tutorial claro. Quero agradecer muito a todos que curtem o meu trabalho.

Forte abraço! 😉