V-Ray Lavina, será o fim do Lumion?

A chegada da tecnologia Raytracing Real Time da placas de video NVidia série RTX foi um grande avançado na industria da visualização e render em tempo real.

Programas que já usam interface com render em tempo real como o Lumion, Enscape, Twinmotion e os grandes softwares de criação de games como Unity e Unreal já se beneficiam desse avanço e a Chaos Group sabia que os usuários migrariam para esses softwares, então começaram a desenvolver o Projeto Lavina.

O que é o Projeto Lavina?

Apostando no futuro da visualização 3D a Chaos Group, desenvolvedora do V-Ray, começou um projeto ambicioso para criar uma ferramenta que conseguisse a mesma qualidade do seu renderizador mais famoso, usando tecnologia Ray-tracing Real Time.

Porém, essa tecnologia só chegou agora e finalmente ele puderam mostrar o que está vindo por ai.

Principais Recursos

O Lavina permitira o usuário fazer passeios virtuais sem ultrapassar paredes ou objetos e utilizará opções variadas de iluminação, incluindo HDRi (que já estás disponível em outros softwares com o Lumion 9).

Veja os principais recursos dessa primeira amostra:

  • Suporte a animações
  • Suporte a múltiplas RTX
  • Controle de câmera melhorada
  • Algorítimo de suavização de ruído
  • Detector de Colisões
  • Troca de Materiais
  • Uso de LUTs adicionais
  • Mesclagem de Cenas
  • Transformação de Objeto (mover, rotar, escala etc)
  • D.O.F (Depth of field) Interativo
  • E muito mais, em breve…

Será que vai rodar no meu PC?

Para quem já usou o Lumion, talvez essa seja a grande pergunta aqui.

Já sabemos que renderização em tempo real requer uma boa placa de video para conseguir maior velocidade e resultado.

No video de apresentação do Lavina no Siggraph 2019, para alcançar a velocidade de processamento desejada, foram usadas 2 Nvidia RTX 8000, que são placas de alta performance e que no Brasil podem chegar a 40 mil reais.

Porém, a Chaos Group promete melhorar esse tecnologia e conseguir rodar em 2 placas RTX 2080 Ti com a mesma performance.

Assista ao video da apresentação:

Seja um dos primeiros a testar

A Chaos Group está recrutando beta testers para o Lavina e para participar da seleção basta preencher o formulário nesse link: https://www.chaosgroup.com/lavina

Na pagina você encontra os requisitos minimo do sistema para rodar o Lavina.

Lembrando também que o envio do formulário é apenas a primeira etapa de seleção e que a escolha dos participantes fica a critério da Chaos Group.

Espero que tenham curtindo e vamos ficar de olho nas atualizações.

A briga vai esquentar.

Atualização SketchUp 2019.2 – Todas as novidades!

O SketchUp 2019, que foi lançado em fevereiro de 2019, teve uma grande repercussão e muitos usuários da ferramenta acabaram deixando muitas criticas pela falta de novidades reais. Agora o SketchUp lança seu segundo update e promete grandes novidades, vamos conhecer?

Melhoria na exportação de arquivos 2D

Como o SketchUp é um programa vetorial muitas vezes é necessario exportar o modelo como imagens 2D. Agora é possível configurar a espessura das linhas antes de exportação, escolhendo na caixa de dialogo em opções.

Antes dessa mudança, os pesos das linhas permaneciam os mesmos que a viewport, o que poderia tornar o peso da linha muito pequeno ou muito grande dependendo do tamanho da imagem gerada em pixels. Geralmente quanto maior a resolução da imagem, mais finas eram as linhas.

Outra novidade é que as imagens .png agora são exportadas com transparência, para que você possa ver o que está por trás do material durante a composição.

Múltiplas unidade no mesmo modelo

Foi adicionada uma nova opção para mostrar unidades diferentes de área e volume no modelo ao mesmo tempo, de acordo com a necessidade. Os tipos de unidades disponíveis são polegadas, pés, milímetros, centímetros e metros. No exemplo: A parede pode mostrar a área em pés, porém o volume aparece em m³.

Inverter Seleção…Uhu!

Essa é uma opção que há muitos anos eu esperava no SketchUp. Quem nunca passou pela situação de ter que seleciona um objeto complexo e clicar uma a uma as faces…terrível.

Essa opção é diferente da que temos por padrão por agora podemos clicar no objeto, antes tínhamos que arrastar a seleção com o mouse, isso causava muitos erros e dava um grande trabalho.

O comando pode ser habilitado pelo teclado usando  CTRL + SHIFT + I (Windows) ou CMD + SHIFT + I (Mac).

Parabéns SketchUp Team por finalmente termos esse recurso 👏

Arrasta e solta…Importando qualquer formato de arquivo (suportado)

Os dias de escolher o formato de arquivo de importação de uma longa lista acabaram. Agora você pode arrastar e soltar TODOS os tipos de arquivos suportados diretamente na janela de modelagem. Por padrão, você verá todos os tipos de arquivos compatíveis disponíveis para importação. 

Além disso, os importadores DWG e DXF agora trazem menos bordas duplicadas e confusas. Show! Vamos testar!

Ferramenta Borracha mais inteligente

Quem nunca já apagou algo sem querer no seu modelo? Para tornar nosso fluxo de trabalho de detalhamento um pouco mais suave, agora é possível usar ALT (Windows) ou CMD (MAC) como teclas modificadoras para remover quaisquer linhas selecionada sem querer.

Planos de Seção Nomeados

Uma forma de organização do modelo, que facilita o trabalho, também foi implementada. Os planos de seção agora pedem ao usuário para nomeá-los depois de colocá-los no modelo tornando mais fácil identifica-los.

Resolução Máxima ao Importar a Localização

Agora você pode importar facilmente grandes imagens do Google Earth com resolução total. 

Como você pode aproveitar esse novo recurso? Simplesmente reduza um pouco o zoom e selecione o nível a partir do qual você deseja importar. Vale lembrar que o uso de muitas imagens podem prejudicar o desempenho da viewport .

Atenção: Esse recurso está disponível apenas para SketchUp PRO e Studio.

Também tem novidades no Layout

Os aprimoramentos do LayOut podem ser resumidos em poucas palavras: melhor interação geral para a documentação de construção. 

A equipe do SketchUp está concentrada em tornar a usabilidade do LayOut mais natural e consistente com o SketchUp, para que seja ainda mais fácil de usar. 

Vejam algumas das novidades:

Dimensionamento isométrico. Agora é possível fazer dimensões lineares alinhadas com um ponto de vista isométrico. 

Como um desenho isométrico é um tipo principal de desenho no LayOut, isso agora é mais simples e direto. Você pode controlar as linhas de extensão, a distância do espaçamento e alinhar as dimensões com ângulos isométricos.

Auto texto. Semelhante a “etiquetas inteligentes”, agora você pode adicionar texto a dimensões sem interromper a medição automática. Por exemplo, digamos que você crie uma parede em seu modelo. Você pode dimensionar uma parede, adicionar a palavra “altura” e a medição da dimensão ainda será atualizada se a medição mudar. 

Dimensões rotativas. Agora, quando suas dimensões estão fora do eixo, a caixa delimitadora permanecerá alinhada ao objeto, para que você possa continuar a escaloná-la na orientação correta.

Edição mais rápida. Mantendo-se consistente com a usabilidade do SketchUp, agora você pode pressionar a tecla de retorno para editar exibições, grupos, dimensões ou rótulos do modelo do SketchUp! Basta selecionar, pressione voltar e comece a digitar!

Que tal essas novidades?

Estamos sempre ligados no que o SketchUp pode oferecer e ainda temos muitos pedidos na lista de desejos, mas acreditamos que ele vai chegar lá.

Como muitas ferramentas importantes para a modelagem ainda não estão disponíveis, nós podem facilmente fazer uso de plugins. Pensando nisso eu preparei uma Playlist completíssima com 30 dos melhores plugins para SketchUp. Clique na imagem para assistir.

Forte abraço! Henrique Barros