Qual PC comprar para rodar Lumion?

Introdução

Escolher o computador certo para trabalhar é um dos desafios que o Artista 3D tem para enfrentar logo no começo. E para não cair na generalidade e acabar adquirindo uma máquina que não te dará o suporte necessário, é importante que leia este artigo antes de investir no próxima PC.

A ideia aqui é mostrar comparativos e referencias que podemos usar para ter base e escolher o melhor computador de acordo com o seu nível de conhecimento nas ferramentas e necessidades delas. No final do artigo vou deixar a minha configuração atual.

Desktop ou Notebook?

Vamos começar com essa pergunta, que é uma em cada 10 que recebo sobre o assunto: comprar um PC para trabalhar com renderização e 3D. Lembrando que a sigla PC significa  Personal Computer(do inglês, computador pessoal) e se aplica para ambos Desktop e Notebook.

Vamos saber quais as vantagens e desvantagens de cada um para que possamos decidir qual o melhor investimento.

O notebook tem como principal vantagem a portabilidade. Versões mais novas possuem placas de video equivalentes as placas usadas em computadores desktop, telas maiores e grande quantidade de memoria, além de possui processadores mais potentes.

Contudo os notebooks não permitem upgrade da máquina, ou seja, se você quiser adicionar mais recurso, como comprar uma placa de video mais recentes, você não conseguirá substituir.

Outra desvantagem é o tempo de vida útil, já que a maioria dos modelos não possuem um boa refrigeração. Isso faz com que o notebook trabalhe sempre com temperaturas elevadas o que prejudica  também o seu desempenho.

Mas a maior desvantagem, acredito, seria o custo x  beneficio. Computadores portáteis são mais caros que os Desktop e considerando a video útil acaba não compensado.

Já com o computador desktop você tem mais liberdade para fazer upgrades, são mais acessíveis e você monta do seu jeito.

Para entender um pouco mais assista ao video a seguir e dê sua opinião:

Porcelanato V-Ray 3.4 SketchUp

Olá Masterfans, neste tutorial vamos aprender como criar piso de porcelanato usando o Plugin Floor Generator, o CLF Random Painter e configurar o material completo no V-Ray 3.4 for SketchUp com variação do mapeamento das texturas. Siga os passos.

Buscando a textura correta

Primeiro vamos pesquisar no Google Imagens a textura de piso que queremos usar para o porcelanato. Como existem diversos fabricantes, aqui usaremos uma imagem de mármore para estudo.

Eu criei uma estrutura de texto para encontrar texturas sem emendas que é muito eficiente, você precisa digitar dessa maneira:

NOME DO MATERIAL EM INGLÊS + SEAMLESS + TEXTURE

Para a nossa pesquisa ficará assim: Marble Seamless Texture

Faça o download da textura que preferir e salva na pasta onde esta o seu arquivo.

Preparando as texturas no Photoshop

Para criar uma randomização das texturas usaremos uma técnica simples no Photoshop para salvar a imagem em diferentes rotações.

Abra a imagem e use a ferramenta de transformação (Atalho Ctrl+T) para rotacionar ou espelhar a textura e depois salve pelos menos 3 imagens com nomes diferentes.

Modelando o piso

Agora no SketchUp para a modelagem do piso usaremos o Plugin Floor generator, para baixar o plugin clique aqui. Você encontra no nosso canal uma aula para aprender a usar essa ferramenta também.

Assista ao video para entender como criar o piso 3D e depois aplicar a randomização. Baixa a ferramenta CLF Random Painter aqui.

Criando o Material

O Porcelanato é um material dielétrico e pode ser configurado da seguinte maneira.

No canal Diffuse usamos a textura para criar as cores do material e para o reflexo usaremos as cores em sRGB 145, 145, 145 com Glossiness em 92%.

No Fresnel IOR do material, desbloqueie a opção e coloque o valor 3.

Para esse porcelanato não utilizamos bump, mas com a textura usado no Diffuse também é possível criar alguns relevos na superfície do material.

Bom é isso ai

Espero que tenha gostado e que seja útil em seus projetos.

Fibra de Carbono | Desafio 60 Materiais em 60 Dias | 22 de 60

Olá Masterfans, neste tutorial vamos aprender como criar um material completo de Fibra de Carbono usando poucos passos no V-Ray 3.4 for SketchUp. Esse é um material muito bonito e pode ser usado em diversas situações. Vamos as configurações!

Criando o Material

Embora seja um material Dielétrico, para essa configuração, deixaremos o Diffuse em 100% preto e controlaremos os efeitos pelo Layer Reflection.

Desabilite o Fresnel e defina a cor do reflexo com os valores em sRGB 59, 59, 59, como na imagem a seguir:

Para criar o efeito de variação do reflexo do material adicionamos a textura a seguir no Glossiness (Clique na imagem para baixar a textura)

Para finalizar os efeitos de reflexo escolha em BRDF, o type como Ward para deixar o efeito um pouco fosco.

Adicionando o Bump

Para os relevos usaremos no bump a mesma textura que aplicamos ao Glossiness do Material com valor de Multiplier de 0,01. Habilite o Bump e o material estará completo.

Tutorial em video

Preparei esse video para vermos na pratica como criar e aplicar esse material passo a passo.

Isso é tudo.

Espero ter conseguido mostrar um tutorial claro. Quero agradecer muito a todos que curtem o meu trabalho.

Forte abraço! 😉